Ofertas em Destaque na Semana Black Friday
Validade: até 25/Novembro às 23h59

Quem acompanha o blog sabe que faço questão de publicar textos sobre aplicações matemáticas relacionadas aos mais diferentes contextos, mostrando que a Matemática é utilizada em todas as atividades modernas, sejam elas simples ou complexas.
Quem acompanha o blog sabe que faço questão de publicar textos sobre aplicações matemáticas relacionadas aos mais diferentes contextos, mostrando que a Matemática é utilizada em todas as atividades modernas, sejam elas simples ou complexas. 

Porém, há um tipo de aplicação matemática que detesto pensar e que me deixa triste (imagine o arrependimento de Einstein). Me refiro aos armamentos letais militares para fins de guerras. 

O papel da Matemática durante as primeiras guerras "modernas" não se limitavam somente à criptografia (ver Tempos de guerra. Série Matemática na Escola), realizadas por matemáticos, afim de interceptar mensagens inimigas. Todo o poderio bélico (aviões, navios, tanques, canhões, armas de punho, etc.) desenvolvido antes ou depois das principais guerras da história, tiveram o dedo de um físico, químico, biólogo, engenheiros projetistas, e estes usavam de técnicas matemáticas para precisarem suas criações.

Diretamente ou indiretamente, são aplicações matemáticas que, no final das contas, matam pessoas em todo o mundo e nos fazem pensar até onde a mente humana irá chegar. É raro ver ótimas descobertas científicas que não são usadas para o mal.

Um tipo de aplicação matemática que detesto pensar

Se estiver curioso em ler mais sobre como a Matemática se faz presente em projéteis de armas de alta performance, leia o artigo A matemática explica por que projéteis menores são mais perigosos em GIZMODO.

Espero que não goste.

Conteúdos:


Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: