O matemático brasileiro Jacob Palis Júnior, 70, é um dos vencedores deste ano do prêmio Balzan, concedido pela fundação ítalo-suíça de mesmo nome. Pela láurea, Palis Júnior deve receber o equivalente a R$ 1,27 milhão.
O matemático brasileiro Jacob Palis Júnior, 70, é um dos vencedores deste ano do prêmio Balzan, concedido pela fundação ítalo-suíça de mesmo nome. Pela láurea, Palis Júnior deve receber o equivalente a R$ 1,27 milhão.

Matemático brasileiro ganha prêmio de R$ 1,27 milhão

Membro do Impa (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada), no Rio de Janeiro, o mineiro Palis Júnior estuda sistemas dinâmicos, área que permite criar modelos (simulações ou descrições matemáticas) de fenômenos da natureza, da sociedade e da economia.

O prêmio Balzan é concedido anualmente a diferentes áreas do conhecimento. Outro ganhador de destaque neste ano é o japonês Shinya Yamanaka, pioneiro na transformação de células adultas em equivalentes das células-tronco embrionárias.

O matemático é o primeiro vencedor brasileiro, e metade do valor da premiação deve ser investido diretamente na pesquisa, de preferência estimulando novos talentos.

A entrega da premiação será em 19 de novembro, em Roma. Uma semana antes, o brasileiro recebe outra honraria: entra na Academia dos Linces, instituição científica fundada no século 17 por Galileu Galilei e outros nomes do Renascimento.

Leia mais em Folha Online e G1.

Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: