Um modelo matemático (criado por Murdoch) baseado num padrão perfeito de matrizes ordenadas de moléculas, permitem aos cientistas prever que tipos de metais serão estáveis, sem ter que passar pelo processo trabalhoso de fazê-los e experimentá-los. A maioria dos metais consistem de minúsculos cristais em escala nanométrica. Isto é o que dá aos metais varias propriedades como a sua dureza ou maleabilidade.
É incrível perceber que é possível aplicar a Matemática em campos que parecem, de início, distantes de uma relação matemática-aplicação. Mas é puro engano, mesmo que determinadas aplicações matemáticas sejam distantes do nosso dia a dia ou que sejam "invisíveis", por carregarem um alto grau de complexidade. Isso acaba distanciando o estudante do prazer em estudar Matemática.

Apenas o fato de ter a informação de que é possível construir essa relação, isso já se torna motivo de perplexidade diante do que a linda Matemática pode fazer. Não precisa ser nenhum engenheiro metalúrgico para ter certa noção sobre as pesquisas desenvolvidas por um grupo de cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts - MIT, ao criarem novos metais que podem ser empregados em diversas aplicações futuras.

Cientistas usam Matemática para criar novos metais
Ongjai Chookajorn, à esquerda, e Heather Murdoch

Um modelo matemático (criado por Murdoch) baseado num padrão perfeito de matrizes ordenadas de moléculas, permitem aos cientistas prever que tipos de metais serão estáveis, sem ter que passar pelo processo trabalhoso de fazê-los e experimentá-los. A maioria dos metais consistem de minúsculos cristais em escala nanométrica. Isto é o que dá aos metais varias propriedades como a sua dureza ou maleabilidade.

Acesse o link direto para esse artigo no MIT News e continue a leitura, para obter mais informações sobre essa pesquisa que pode ajudar no desenvolvimento da indústria metalúrgica, como também na construção de motores de aeronaves.
Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: