Ofertas em Destaque na Semana Black Friday
Validade: até 25/Novembro às 23h59

Para quem não reconhece esse nome, Grigori Perelman é um matemático russo que demonstrou em 2003, um dos sete desafios do milênio — a Conjectura de Poincaré. Por esse feito foi dado a ele um prêmio de 1 milhão de dólares, que foi recusado pelo matemático (achei lindo isso).
Para quem não reconhece esse nome, Grigori Perelman é um matemático russo que demonstrou em 2003, um dos sete desafios do milênio — a Conjectura de Poincaré. Por esse feito foi dado a ele um prêmio de 1 milhão de dólares, que foi recusado pelo matemático (achei lindo isso).


Recusar o prêmio não foi de deixar o meio matemático espantado. O problema foi que, desde que o recluso matemático divulgou as suas provas em meios nada convencionais, ele simplesmente desapareceu do mapa.

Encontrá-lo foi uma tarefa difícil, principalmente durante esse tempo do bum, causado por sua demonstração. E quem o encontrava, não cedia uma entrevista. Perelman rejeitou todos os pedidos de mídia, murmurando laconicamente através da porta do seu apartamento contra uma onda de jornalistas.

Caçando Grigori Perelman


Eu não quero estar em exposição como um animal no zoológico. Minha atividade e minha personalidade não têm interesse para a sociedade. Você está me perturbando. Estou apanhar cogumelos. [Algumas respostas aos jornalistas que o procuraram]

Foto tirada de Grigori Perelman no metrô, supostamente em São Petersburgo.

Procurá-lo e tentar entrevistá-lo, foi que fez o correspondente Internacional Brett Forrest, viajando para São Petersburgo. Para sua surpresa, conseguiu conversar com ele, durante um passeio. 

Em seu artigo na sua página pessoal, ele relata todos os detalhes, como a viagem; sua estadia e estratégia para encontrá-lo; como foi o seu encontro com o matemático Grigori Perelman quando caminhava com sua mãe e outros fatos bem curiosos, descritos na percepção que teve quando conversara com o famoso matemático.

Ao ler o artigo (em inglês), me senti como se estivesse num filme vendo cada reação do matemático, cada momento que acontecia naquele inusitado encontro, durante a empreitada do inflamado correspondente.

Acesse o seu artigo, Shattered Genius, para ler o texto completo dessa aventura, no mínimo curiosa e fascinante.

Gostei muito da leitura e espero que apreciem também. Se você já conhecia a história desse matemático, vai adorar ler o artigo.

Conteúdos:


Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: