As borboletas são uma atração devido a sua beleza de cores, formatos variados e seu voo. Do ponto de vista matemático elas representam as simetrias mais perfeitas e lindas que existem na natureza.
A primeira imagem que você vê abaixo foi enviada pelo Ricardo José do Os fantásticos números primos.

Eu vejo Matemática em tudo #4


Segundo o Ricardo, em uma viagem ao sul de Minas Gerais, cidade de Passa Quatro, ele viu esta espécie de borboleta.

Ela ficou um tempo a beira da piscina, esperando ser fotografada. Um verdadeiro espetáculo da natureza.

As borboletas são uma atração devido a sua beleza de cores, formatos variados e seu voo. Do ponto de vista matemático elas representam as simetrias mais perfeitas e lindas que existem na natureza. Veja outras imagens abaixo mostrando a beleza simétrica das borboletas.

Eu vejo Matemática em tudo #4
Imagem encontrada no blog Life and the imperfections.

Eu vejo Matemática em tudo #4
Maior mariposa do mundo (vídeo). Qual a diferença entre mariposa e borboleta?

Gosta de origamis? Construa uma borboleta seguindo o passo a passado descrito nesta imagem.

Faça como o Ricardo, se encontrou alguma imagem interessante, envie para o blog.

Envie sua imagem para o e-mail contato@prof-edigleyalexandre.com com assunto: Eu vejo matemática em tudo. Na mensagem informe seu nome e um link para alguma rede social de sua preferência ou blog/site.

Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: