Na verdade a pergunta que um dos meus alunos fez foi: para que serve um Tetraedro? Durante uma aula sobre Poliedros, muitas perguntas foram feitas, porém nenhuma feita de forma tão curiosa. A maioria das vezes, principalmente na internet, perguntas assim são feitas com um tom muito pejorativo.

Além de uma resposta usual e geométrica, tivemos uma boa conversa depois da aula que só gerou mais dúvidas. Isso é muito bom. Qualquer professor que tem um compromisso e responsabilidade com a sua profissão, adora quando encontra uma mente curiosa e cheia de perguntas.

No dia seguinte, o meu aluno chegou com alguns dados que ele mesmo pesquisou. Achei interessante postar aqui.

Qual a utilidade do Tetraedro no nosso cotidiano?

O que é um Poliedro?

Poliedro é um sólido geométrico cuja superfície é composta por um número finito de faces, cujos vértices são formados por três ou mais arestas em três dimensões em que cada uma das faces é um polígono. Os seus elementos mais importantes são as faces, as arestas e os vértices.

O Tetraedro na Natureza

Metano
Diversos tipos de minerais e compostos químicos têm uma estrutura em formato de tetraedro, presentes em remédios que tomamos quando ficamos doente ou para outras finalidades. Alguns destes compostos são:
  • Metano;
  • Amina;
  • Dióxido de silício;
  • Piroxena;
  • Cloreto de zinco;
  • Tetracloreto de carbono;
  • Níquel tetracarbonilo;
  • Perclorato;
  • Cloreto de cromilo;
  • Estereocentro.
Todos esses compostos estão presentes em locais que poucas pessoas pensam, como: lixo orgânico, extração de petróleo, metalúrgicas, indústrias têxtil, etc.

Curiosidade

Um pseudocientista inglês, William Lowthian Green, propôs, em 1875, que a Terra, quando estava esfriando, tendeu a assumir a forma de um Tetraedro, com quatro vértices projetando-se para fora, dando origem aos continentes, e quatro faces projetando-se para dentro, dando origem aos oceanos.

Théophile Moreux citou esta hipótese no seu livro Astronomy To-day, mencionando como os quatro vértices seriam as massa da Escandinávia, Sibéria, Canadá e Antártida, opondo-se aos oceanos, Atlântico Sul, Índico, Pacífico e Ártico.

O Tetraedro está presente em muitas situações do nosso cotidiano, mesmo sendo estruturas tão pequenas, não podemos deixar de ver que ele é útil e importante.

Pesquisas de apoio com o Wikipédia.

Este é um artigo convidado enviado por um dos meus alunos, Cláudio Santos, do 6º ano.

Conteúdos:


Autor convidado

Autor convidado

Esse artigo foi enviado e escrito por um autor convidado. Confira as informações sobre o autor no final do artigo. Quer enviar um artigo para o blog?

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

2 comentários:

  1. Muito bom! Muito obrigado, Professor Edigley! Quero aprender matemática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Que bom que gostou!

      Bem, isso depende em grande parte dos seus esforços. Pesquise por textos na categoria Ensino do blog, lá publiquei alguns textos que talvez possa te inspirar.

      Abraço!

      Excluir