Já experimentou perguntar ao seu professor: por que? É claro que essa é a forma mais usual e rápida de dividir frações. No entanto é importante mostrar ao aluno (principalmente de 6º ano) que esse processo tem a sua justificativa.
É a sua primeira aula sobre divisão de frações e o professor larga essa no quadro:

Repete a primeira fração e multiplica pelo inverso da segunda fração. Pronto! Agora resolva essas divisões sempre dessa forma e nunca errará.

É verdade, talvez nunca errará. Mas já experimentou perguntar ao seu professor: por que? É claro que essa é a forma mais usual e rápida de dividir frações. No entanto é importante mostrar ao aluno (principalmente de 6º ano) que esse processo tem a sua justificativa. Se você nunca ouviu ela antes, recomendo que leia a postagem que mostra o passo a passo dessa justificativa.

Acredito que quando o processo matemático é mostrado da forma correta e rigorosa, alguns macetes fazem sentido e se tornam mais fáceis de absorvê-los.

Repete a primeira fração e multiplica pelo inverso da segunda fração. Qual a razão para essa ordem?

Antes de justificar a divisão de duas frações para a frase citada aqui, precisamos voltar para as aulas sobre frações equivalentes e frações inversas. Lembra? Você não pode estudar divisão de frações antes desses dois conteúdos.





Fração equivalente

São frações que representam a mesma parte do todo. Para encontrar frações equivalentes basta multiplicar o numerador e denominador pelo mesmo número natural (6º ano), desde que o número seja diferente de zero.

Exemplo 1: encontrar uma fração equivalente a $\cfrac{5}{6}$.

Multiplicando o numerador e o denominador por $3$, temos: $\cfrac{5 \cdot 3}{6 \cdot 3}=\cfrac{15}{18}$. Portanto $\cfrac{15}{18}$ é equivalente a $\cfrac{5}{6}$.

Se a fração apresenta numerador e denominador um pouco mais altos você pode também escrever frações equivalentes para ela, dividindo o numerador e denominador pelo mesmo número (simplificação de fração).

Exemplo 2: encontrar uma fração equivalente a $\cfrac{25}{125}$.

Dividindo o numerador e o denominador por $5$, temos: $\cfrac{25 \div 5}{125 \div 5}=\cfrac{5}{25}$. Portanto $\cfrac{5}{25}$ é equivalente a $\cfrac{25}{125}$.

Fração inversa

Sendo bem direto, são as frações cujo produto é igual a $1$.

Exemplo: A fração inversa de $\cfrac{5}{6}$ é $\cfrac{6}{5}$, pois $\cfrac{5}{6} \cdot \cfrac{6}{5}=\cfrac{30}{30}=1$. A fração inversa de $\cfrac{4}{3}$ é $\cfrac{6}{8}$, pois $\cfrac{4}{3} \cdot \cfrac{6}{8}=\cfrac{24}{24}=1$.


Repete a primeira fração e multiplica pelo inverso da segunda fração. Por que?

Para exemplo tomamos a divisão $\cfrac{7}{5} \div \cfrac{3}{2}$. Para melhor entendimento essa divisão será escrita como fração, onde $\cfrac{7}{5}$ é o numerador e $\cfrac{3}{2}$ é o denominador.

Assim: $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$. Agora aplique o que aprendeu sobre fração equivalente e fração inversa da seguinte forma.

1º) Fração equivalente: multiplique o numerador e o denominador da fração $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ por outra fração, desde que o denominador resulte em $1$ após a multiplicação.

2º) Fração inversa: a única forma de isso acontecer é quando multiplicamos o denominador da fração $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ pelo seu inverso, ou seja, o inverso de $\cfrac{3}{2}$ é $\cfrac{2}{3}$.

Portanto, multiplicando o numerador e o denominador da fração $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ por $\cfrac{2}{3}$, temos: $\cfrac { \cfrac { 7 }{ 5 } \cdot \frac { 2 }{ 3 }}{ \cfrac { 3 }{ 2 } \cdot \frac { 2 }{ 3 }} =\cfrac { \cfrac { 14 }{ 15 }}{ \cfrac { 6 }{ 6 }} =\cfrac { \cfrac { 14 }{ 15 }}{1} =\cfrac { 14 }{ 15 }$.

Perceba o que acontece com o denominador da fração  $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ quando foi multiplicado por $\cfrac{2}{3}$. Resultou em $1$. Sobrando apenas o numerador de $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ vezes o inverso de $\cfrac{2}{3}$.

E como toda divisão por $1$ resulta no próprio número, o resultado da divisão de $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ se resume em multiplicar a primeira fração pelo inverso da segunda fração, já que o denominador de $\cfrac{\cfrac{7}{5}}{\cfrac{3}{2}}$ é $1$, quando aplicada a propriedade de fração equivalente e inversa.

Particularmente prefiro essa justificativa do que essa na imagem abaixo.

Sugestão: esse processo pode ser mais facilmente compreendido, quando explicado em seu passo a passo em sala de aula. Produza um vídeo explicando esses fatos. Tenho a certeza que ele terá muitos acessos.

Pergunta feita em um canal no Youtube
Pergunta feita em um canal no Youtube

Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

6 comentários:

  1. Sinceramente não achei nada facil explicar tudo isso ao um aluno de 6 ano!!consigo imaginar as caras!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Márcia!

      Sei que não é fácil. Depende muito do esforço do professor em trabalhar esse conteúdo. O que essa postagem trata é da justificativa para uma frase decorada comumente usada.

      Essa mesma explicação sendo em sala de aula ou em uma vídeo aula seria mais fácil de compreender.

      Abraço!

      Excluir
    2. Olá Edigley! Muito boa essa postagem. Em parte até concordo com a Márcia, mas se faz necessário mostrar-lhes o por que do que mostramos a eles em sala de aula, seja na lousa, através de vídeos ou mesmo com slides, para que eles aprendam de verdade e possam gostar de estudar matemática. Nesse caso acredito que na forma de slides daria para desenvolver bem o conteúdo e fazer com que eles compreendessem tal justificativa. Valeu!!!

      Excluir
    3. Olá, Luiz! Entendo.

      Vale lembrar que a postagem não dedicada exclusivamente para alunos. Não é uma aula. Ela serve para professores. Pesquisei diversos vídeos no youtube e todos que assisti não vi essa justificativa, o que vi foi apenas uma frase para decorar e sem justificativa.

      Abraço!

      Excluir
  2. Opa, Edigley! O material do Estado de SP também ensina desse jeito. Só uma tenho outra visão e gostaria que você avaliasse.
    Posso dizer:
    Vamos transformar essa divisão em uma multiplicação. Para isso, como invertemos a operação, multiplicamos o numerador pelo denominador invertido.
    Seria um macete? Passei a explicar desse jeito, já que não ensino mais o 6º ano.
    Obrigado pelas postagens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rafa!

      A frase que citei no início da postagem é um macete sim. Não é errado usar macetes, alguns até ajudam muito. No entanto o meu alerta é sobre a importância de mostrar a justificativa matemática correta e não apenas dizer que é assim e pronto.

      Abraço!

      Excluir