E o que muitos não esperavam aconteceu. O carioca de 35 anos, Artur Avila é o primeiro brasileiro e primeiro latino-americano a ser premiado com Medalha Fields, o equivalente ao "Nobel" da Matemática.
E o que muitos não esperavam aconteceu. O carioca de 35 anos, Artur Avila é o primeiro brasileiro  e primeiro latino-americano a ser premiado com a Medalha Fields, a maior honraria dada a um matemático, o equivalente ao "Nobel" da Matemática. Por que escrevi muitos não esperavam?

Brasileiro é premiado com Medalha Fields 2014. O "Nobel" da Matemática

A maioria dos sites estrangeiros e alguns de Portugal, se referia ao brasileiro com chances ligeiramente inferiores. O que rola por trás de todo o processo de escolha para a premiação são apenas especulações, são estatísticas baseadas em vários fatores, como os resultados de seus trabalhos e importância deles, idade e etc.


Diversos portais deram a notícia deste feito brasileiro incrível. Até o momento de publicação deste post, o iG não tinha publicado nada sobre isso. Em sua página principal, mostra o jogador de futebol Neymar em destaque (dá vontade de chorar com uma dessas).

À diferença do Nobel, cujos vencedores só sabem da premiação após o anúncio oficial na Suécia, os ganhadores da Medalha Fields são informados previamente. O carioca, que já havia sido cogitado para o prêmio em 2010, recebeu a notícia há dois meses, com um certo alívio. [O Globo]
Já havia um buburinho sobre eu ganhar a medalha. Quase todo mundo que falava comigo acabava mencionando esse asunto. Já estava ficando uma coisa até um pouco chata. [Avila à Folha UOL]
Eu vou conhecendo tão bem os problemas, que me sinto muito motivado em resolver aquilo que não consigo entender, em quebrar essa barreira. Eu acho isso muito importante, estar motivado. Acho que é isso que faz a gente se dar bem no trabalho, a ter reconhecimento e até ganhar prêmios. Se você não se interessar realmente pelos objetos com os quais trabalha, não vai a lugar algum. [Avila ao portal Terra]

Saiba mais sobre esta extraordinária notícia,  lendo o texto completo nos links nas citações acima. O site O Globo trás uma reportagem em vídeo com Artur Avila, o Diretor Geral do IMPA e o presidente da Sociedade Brasileira de Matemática. Não deixe de assistir.


Não sou especialista no assunto e tão pouco entendo como realmente aconteceu a escolha, o que não impede de demonstrar aqui toda a minha felicidade em ver um brasileiro vencendo na Matemática com uma Medalha Fields e se juntando aos matemáticos mais brilhantes da atualidade.

Isto é incrível!

E pra fechar este post...

A iraniana Maryam Mirzakhaniv, 37 anos, é a primeira mulher a receber a medalha Fields.

No ensino médio, após notas ruins na disciplina, um professor disse que ela não tinha nenhum talento especial para a área. No segundo ano, contudo, ela teve outro professor que a incentivou e ela se tornou a “estrela da turma”. Leia mais em www.olhardireto.com.br.

Premiação

É emocionante ver Jacob Palis chorando.



Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

1 comentários:

  1. Arthur Avila, li gostei. Não sou temeroso dessa matéria, e dependendo do professor que aplica.
    Chego a ficar asformulas.
    Preciso aprender mais.
    Boa sorte

    ResponderExcluir