24º widget com a função de calcular limites de funções matemáticas, tendendo para esquerda ou direita.
Este é o 24º Widget que criei usando o Wolfram Alpha. Ele destina-se exclusivamente para professores ou acadêmicos de cursos superiores de Matemática, Física, Química, Biologia e cursos de engenharia.

Atualização: Se o Widget não funcionar, o erro deve-se ao tipo de função quando ela tende para esquerda ou direita.

O Widget tem a função de calcular limites laterais de funções matemáticas e também limites para +∞ e -∞. Para calcular limites laterais usando o Wolfram Alpha, basta escolher a opção "+" ou "-" no menu do Widget. 

Observe o exemplo.


No Widget abaixo, insira a função (pode muda a variável se desejar), o valor para qual tende a função e escolha no menu de opções "+" (tendendo para direita) e "-" (tendendo para esquerda).


ABRIR WIDGET

Troque o 0 (zero) por -infinity ou +infinity para calcular limites infinitos.

Case queira realizar o processo manualmente no Wolfram Alpha, basta inserir o seguinte comando:

limit of (x^2-16)/(2x) as x-> 1+

  • Função: (x^2-16)/(2x)
  • as ou when: ligação entre a função e o limite que ela tenderá
  • x: variável da função
  • ->: tendendo
  • 1: valor que tende a função
  • +: tendendo para direita

Resultado igual ao realizado no Widget.

Assista esse vídeo do Me Salva, Matemática!, sobre Limites laterais, para relembrar um pouco.

Acesse também a Galeria de Widgets do blog. 

ABRIR WIDGET
Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: