Disponibilizar o computador a serviço do ensino de geometria dinâmica é uma das formas mais eficientes de aumentar o aprendizado do aluno, do ponto de vista geométrico e algébrico.
Matemática interativa com o GeoGebraDisponibilizar o computador a serviço do ensino de geometria dinâmica é uma das formas mais eficientes de aumentar o aprendizado do aluno, do ponto de vista geométrico e algébrico. O GeoGebra é um dos softwares de maior aceitação entre os professores de diversas áreas, por ser um programa altamente qualificado, multiplataforma (para Windows, Linux e outros), Livre (licença GPL), vários idiomas e simples de utilizar.

O GeoGebra é o software livre que mais uso no meu dia a dia, seja instalado no meu notebook ou na web através do app para Google Chrome, que faz a interligação com o Google Drive. O GeoGebra não serve apenas para construir gráficos de funções e desenhos geométricos perfeitos, ele também dá suporte para construção de animações geométricas (no formato .GIF) ou manipulação no próprio software instalado na máquina.

Em 2013 tentarei escrever alguns tutoriais sobre o GeoGebra, mais especificamente de como criar e salvar animações, que podem ser muito úteis para para as aulas de Matemática em qualquer nível de ensino.

Abaixo um vídeo superficial com dois exemplos criados com o GeoGebra.


Para melhor visualização, altere a resolução do vídeo para 720p (HD). Para isso, clique no símbolo de uma engrenagem.

Conteúdos:


Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: