Um dos recursos mais interessantes que o LinkenIn oferece gratuitamente, é o sistema de grupos, que, na minha opinião é o melhor, em termos de organização e interatividade, em relação a outras redes que dispõe de grupos aos seus usuários.
Um bom debate, uma boa discussão, conseguir uma oportunidade de emprego, são apenas alguns recursos que a rede LinkedIn pode oferecer em sua versão gratuita e Pro. O LinkedIn é comparada com algumas redes sociais, porém, ela é destinada principalmente para profissionais de várias áreas. Grandes empresas como a Google, Apple, IBM, HP, Facebook, Twitter, entre outras, estão por lá e publicam vagas de emprego em suas páginas.

O linkedIn recebe 77 milhões de visitantes por dia e 660 milhões de visualizações de página por dia. Ele é o 13º no ranking do Alexa.

Participe do grupo Educação Matemática no LinkedIn

Segundo o Wikipédia, o principal propósito do site é permitir que usuários registrados possam manter uma lista detalhada de contatos de pessoas que eles conheçam e em quem confiem em empresas. As pessoas nessa lista são chamadas de conexões. Os usuários podem convidar qualquer um (seja um usuário LinkedIn ou não) para tornar-se uma conexão.

Não sabe criar uma conta no LinkedIn? Acesse o artigo Como criar uma conta na rede social de profissionais LinkedIn, escrito por +Gustavo Freitas no blog +GF Soluções.

Um dos recursos mais interessantes que o LinkenIn oferece gratuitamente, é o sistema de grupos, que, na minha opinião é o melhor, em termos de organização e interatividade, em relação a outras redes que dispõe de grupos aos seus usuários.

Neste artigo divulgo 3 grupos que participo como integrante e sou gerente em outro (Educação Matemática). Clique nas imagens para acessar cada grupo.

Grupo Educação Matemática

Grupo Modelagem Matemática e Computacional

Grupo Professores inovadores

Como interagir em um grupo?

Existem várias formas de interação nos grupos do LinkedIn, em específico os listados acima.
  • Compartilhando artigos/notícias de blogs e sites para os grupos, na forma de um debate.
Todo blog ou site tem um conjunto de botões de compartilhamento para as redes sociais. É comum ter o botão do LinkedIn entre eles. Se, na pior das hipóteses, alguma página web não tiver o botão do LinkedIn, você poderá compartilhar artigos através do seu navegador.

Acesse o endereço www.linkedin.com/static?key=browser_bookmarklet e siga a única instrução que aparece abaixo do botão do LinkedIn. Basta arrastar o botão para a sua barra de favoritos do seu navegador. Toda vez que clicar no botão de favorito criado, uma janela será mostrada compartilhar a notícia para os grupos, para o seu perfil ou para alguma conexão. Ao digitar a letra inicial do grupo, o sistema completará o nome do grupo.

Compartilhando artigos/notícias de blogs e sites para os grupos, na forma de um debate
Clique na imagem para ampliar
  • Publicando/criando um novo debate.
Publicando/criando um novo debate
Clique na imagem para ampliar
  • Criando uma promoção.
  • Divulgando vagas de empregos.
  • Criando uma enquete.

Todas as atividades nos grupos podem ser compartilhadas para o próprio LinkedIn, Facebook, Twitter e Google Plus.

Diferente de outros grupos que já participei, os grupos do LinkedIn trás uma experiência mais agradável e acima de tudo muito profissional. Dependendo da área científica do grupo, você poderá interagir com profissionais de renome nacional. É muito legal obter o feedback de profissionais especialistas em um determinado assunto, que elevam o seu pensamento, vendo situações quaisquer por outros ângulos.

Participe do grupo que mais lhe agrada.

Conteúdos:


Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: