Nos dias 24, 25 e 26 de outubro aconteceu na cidade de Mossoró-RN (onde moro), a 1ª Conferência Brasileira do GeoGebra organizada pelo GeoGebra Institute of Rio Grande do Norte, da qual participei ou pelo menos tentei participar. Desde agosto ajudava na divulgação do evento e esperava ansiosamente.
Nos dias 24, 25 e 26 de outubro aconteceu na cidade de Mossoró-RN (onde moro),  a 1ª Conferência Brasileira do GeoGebra organizada pelo GeoGebra Institute of Rio Grande do Norte, da qual participei ou pelo menos tentei participar. Desde agosto ajudava na divulgação do evento e esperava ansiosamente.


Infelizmente alguns contrapontos me tiraram dos últimos dois dias da conferência. Não estou totalmente satisfeito em escrever este relato, mas mesmo assim o fiz pelos seguintes motivos:
  • Apesar de tudo o evento foi um sucesso;
  • O que aprendi no evento tem que ser compartilhado;
  • As pessoas que conheci e as que infelizmente não pude conhecer.

Palestras/apresentação de trabalhos

Pela manhã assisti a palestra do meu colega professor e blogueiro no Solução Matemática, Luiz Fernando Rodrigues, apresentando seu trabalho: Utilização da teoria das representações semióticas na geometria dinâmica: uma atividade geométrica por traz de um campo de futebol.

A palestra foi muito proveitosa e rendeu um ótimo debate sobre a utilização do GeoGebra paras as aulas de Matemática em sala de aula, no laboratório de informática e para quem disponibiliza vídeos-aula na internet.

Veja a sua apresentação.



Oficinas

Dentre várias oficinas dispostas nestes 3 dias de conferência, a que mais me interessava pelo fato de poder aplicá-la em minhas aulas e que pude participar, foram:
  • Estudo e Aplicação no LABGG: Aplicação das funções de 1º e 2º Grau.
  • Animações e textos dinâmicos produzidos com o GeoGebra 4.2. 

Ministrada brilhantemente e com muita descontração pelo Prof. Luís Cláudio - UniCEUB/Brasília, a oficina foi de grande auxílio para os professores presentes, mostrando todas as poderosas funcionalidades deste maravilhoso software.

Tópicos abordados:
  • Estudo da função do 1º grau e 2º grau;
  • Coeficientes;
  • Raízes;
  • Vértices;
  • Interseção com o Eixo Y;
  • Descriminante Delta;
  • Condicionais de texto para a concavidade da parábola e o descriminante delta;
  • Animação de objetos auxiliares.

O que aprendi nesta oficina com certeza aplicarei nas minhas aulas e é claro compartilhei em breve muitas dicas por aqui no blog. É só pintar uma folguinha que farei um vídeo ou um tutorial mostrando como usar o GeoGebra para as aulas de Matemática.

Um curto relato sobre a 1ª Conferência Brasileira do GeoGebra

Registro aqui o meu abraço ao Prof. Luiz Fernando pela simplicidade e coleguismo e a Profª. Jeanne Passos, que apresentaria esta oficina, mas por motivos superiores não foi possível.

Foi apenas o primeiro evento. É verdade que há muito ainda para ser melhorado, mas já é um grande passo para divulgação do GeoGebra no estado. Parabéns ao Ricardo Antônio Faustino da Silva Braz – Presidente IGI-RN, por tomar a frente nesta difícil tarefa.

Até um próximo encontro.

Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

0 comentários: