Neste artigo destaco uma dica valiosa para professores que querem agilizar o seu tempo, quando se fala em elaborar e digitar avaliações. Se você é professor ou está se formando, e leciona em diversas turmas, recomendo que continue lendo esse texto, e, caso julgue relevante, tente colocar em prática.
Não sou a favor de provas (avaliações formais). No entanto, é assim o que o nosso sistema de ensino "prepara" nossos estudantes, aliás, não temos outra opção, a não ser, os processos "seletivos" como ENEM, por exemplo. Ou seja, preparamos nossos alunos para fazer provas. No artigo Como deve ser uma avaliação de Matemática, escrevi mais sobre esse tema.

Se é para fazer provas, façamos de forma organizada e coerente. Sou um pouco perfeccionista quanto às minhas tarefas docentes. Quanto mais organizadas, melhor para mim e meus alunos.

Neste artigo destaco uma dica valiosa para professores que querem agilizar o seu tempo, quando se fala em elaborar e digitar avaliações. Se você é professor ou está se formando, e leciona em diversas turmas, recomendo que continue lendo esse texto, e, caso julgue relevante, tente colocar em prática.

Como elaborar e digitar 7 provas (70 questões) em apenas 10 minutos?

Como elaborar e digitar provas em apenas 10 minutos?

Ao final de cada bimestre você costuma elaborar e digitar suas provas tudo de uma única vez? Quanto tempo você gasta para essa atividade? Você já virou quase que uma noite inteira fazendo provas? Você perde sábados e domingos com essa atividade?

Se você responde sim para as perguntas acima, não tenho nada contra como você organiza suas atividades docentes, porém concordará comigo em um ponto muito importante: o cansaço mental e físico.

Se sua carga horária é completa (dois turnos), suponho que sobra apenas o final de semana para essas atividades. Certo? A não ser que ao final de cada dia, muito cansado e querendo apenas relaxar, tire um tempo para elaborar suas provas. Convenhamos, você não fará isso.

Solução que sempre adotei desde que me tornei professor

Mas, e se você elaborasse e digitasse uma questão por dia, ao final de cada conteúdo/tópico abordado em sala de aula? Não importa se é no final do dia ou em um final de semana. A diferença é que você elaborará e digitará apenas uma questão.

E, dependendo da disciplina, o tempo gasto para elaborar e digitar apenas uma questão é muito curto. No máximo 10 minutos.

Como sou professor de Matemática, as minhas avaliações são digitadas usando um editor de texto matemático (que exige mais tempo), por conta da simbologia matemática que acho indispensável. Neste caso, gasto mais ou menos 10 minutos para elaborar, digitar e criar uma imagem se necessitar.

Uma questão da prova de Português, Ciências, História, Geografia, Inglês, Espanhol, etc., isto é, as de humanas, que tem somente texto e figuras, são muito mais rápidas de serem digitadas.

Ou prefere, após elaborar todas as provas, digitá-las todas de uma única vez? No meu caso, seria 70 questões ou mais. Será que dá tempo entregar as provas para xerox da escola antes do prazo pedido pela coordenação? Dá sim, mas será uma correria danada.

Quais os pontos positivos para essa dica de solução?

  • Menos cansaço e stress, pois ao final do bimestre as suas provas estarão prontas para impressão.
  • Mais aliviado, obviamente pelo motivo acima.
  • Avaliações mais adequadas de acordo com a aula explorada, contendo mais detalhes além de textos e imagens, dando ênfase à contextualização e tratamento da informação.
  • Sobra mais tempo para as suas atividades de lazer no final de semana, como ouvir música, assistir um bom filme, colocar a leitura dos seus livros em dias, etc.
  • Se as provas estarão prontas ao final de cada bimestre, os gabaritos estarão também. Desta forma gastará pouco tempo para corrigi-las.
  • Mais tempo para preencher diários. Seja em papel ou online.
  • Menos erros de digitação, pois terá mais tempo para revisá-las.

O que acontece quando nos sobrecarregamos com a elaboração e digitação das avaliações?

  • As questões serão mal elaboradas do ponto de vista da aula explorada.
  • Uma avaliação recheada de "o que é", "explique", "calcule x", etc., são alguns exemplos de avaliações que deixam a desejar.
  • Erros de digitação torna-se muito comuns. Muitas vezes mesmo tendo tempo suficiente, acontece esses erros, imagine elaborar e digitar provas com um grande volume de questões às pressas.
  • Obviamente você estará cansado antes de começar e com o nível de stress mais alto.
  • Provavelmente entregará suas provas quase na data limite, e, muito próximo da aplicação das provas.
  • Acabou a saga da elaboração, e logo em seguida já começa a saga da correção. Mais stress.

Concluindo

Aprendi errando. Me considero ainda um professor iniciante, apesar de estar lecionando há mais de 11 anos. Muitas dicas que você encontra aqui é baseada em meus erros e acertos. A dica de hoje é mais um exemplo de acerto. Talvez você não julga assim.

Tenho recebido cada vez mais e-mails de acadêmicos do curso de Licenciatura em Matemática, pedindo ajuda de diversos tipos. Nenhum sobre Matemática direta. A maioria trata-se sobre a vocação para ensinar, tempo de aula, como usar recursos tecnológicos, como organizar e planejar aulas, etc. Este texto é uma resposta para uma das perguntas que recebi.

Todos entram em curso de licenciatura sabendo que a vida de professor é atribulada e cheia de desafios. Um deles, e não menos importante, é como organizar o nosso tempo da melhor maneira possível, afim de não sobrecarregar nossas atividades pessoais e profissionais. E, consequentemente, não reclamar de tudo e de todos, sendo que os erros muitas vezes estão em pequenas ações, como elaborar e digitar uma avaliação.

Conteúdos:


Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

8 comentários:

  1. Excelente dica, Edigley! As melhores ideias são as mais simples, talvez por esse motivo, as mais difíceis de serem encontradas.

    Parabéns pela qualidade de seu trabalho que acompanho, com prazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      É verdade, muitas vezes as dicas mais simples são as que mais trazem benefícios.

      Obrigado por sua presença aqui no blog. Será sempre um prazer responder aos seus comentários.

      Um abraço!

      Excluir
  2. Também achei interessante. É uma boa estratégia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruno!

      Comigo funciona. E não custa tentar.

      Bom vê-lo por aqui.

      Abraço!

      Excluir
  3. Perdoe minha inocência... Mas, oque é um editor de texto matemático , qual o exemplo??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Flávio!

      Editor de texto matemático me refiro ao programa que é nativo em todos os editores de texto, como por exemplo, Word (no Windows) ou Writer (no Linux). Eles são ativados com um simples botão no menu. Nele tem todas formas simbólicas matemáticas.

      Abraço!

      Excluir
  4. Edigley, essas dicas são fantásticas. Sobre o planejamento, eu ouso acrescentar uma dica: eu entrego aos alunos, no primeiro dia de aula, uma planilha com a previsão de datas e o conteúdo a ser estudado em cada uma delas. Claro que, sendo apenas um planejamento, tudo pode mudar, mas eles sabem direitinho o que vai acontecer com bastante antecedência. Eu brinco e digo: "Quando voltarem pra casa, prendam isso na porta da geladeira e olhem todo dia, para saber o que têm de fazer na semana seguinte". Funciona!

    Confesso que, mesmo sendo professora há 27 anos, nunca tive a ideia de elaborar uma questão de prova por dia. Amei essa dica e, certamente, colocarei em prática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Andréa!

      Gostei da sua dica. Testarei com a Matemática.

      Sobre "uma questão por dia" acredito que é um dos melhores meios para se cansar menos.

      Abraço!

      Excluir