O filme conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção.
O filme conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção.

Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Após serem chamados na escola para falar com a diretora, o pai do garoto decide levá-lo a um internato, sem que a mãe possa dar opinião alguma.

Tal atitude só faz regredir em Ishaan a vontade de aprender e de ser uma criança. Ele visivelmente entra em depressão sentindo falta da mãe, do irmão mais velho, da vida... e a filosofia do internato é a de disciplinar cavalos selvagens. Inesperadamente, um professor substituto de artes entra em cena e logo percebe que algo de errado estava pairando sobre Ishaan.

Não demorou para que o diagnóstico de dislexia ficasse claro para ele, o que o leva a por em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido sua réstia de luz e vontade de viver.

Todo professor deveria assistir esse filme. Agora disponível no Netflix!

Título do Filme para o Brasil: Como Estrelas na Terra.
Ano do filme: 2007.
Duração: 2h 42min
Idioma original: Hindi. (legenda em português do Brasil)
Classificação: 10 anos.

Acesse o link direto para o filme no Netflix clicando no botão abaixo. Assisti em 2007 e nesse final de semana assistirei novamente. Me emocionei (chorei) diversas vezes durante o filme e ri muito também. Vale a pena demais assisti-lo.

Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

2 comentários:

  1. Boa noite Prof. Esse filmes é sensacional, maravilhoso e realmente todo professor e mais ainda pais de família devem assistir. Garanto quem assistir poderá em muitos sentidos melhorar sua forma de ser com alunos e saber que não sempre a nossa forma de ensinar e educar é a correta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Manuel!

      Você tem razão. Principalmente a família.

      Um abraço!

      Excluir