Já parou para pensar que a maioria das pessoas que perguntam "para que serve" algum conteúdo matemático, não se mostram dispostas para entender a explicação? Quanto aos estudantes, essa falta de disposição também existe, no entanto deve-se também a falta de disposição do professor em querer mostrar ao aluno onde a Matemática se faz presente.
Já parou para pensar que a maioria das pessoas que perguntam "para que serve" algum conteúdo matemático, não se mostram dispostas para entender a explicação? Quanto aos estudantes, essa falta de disposição também existe, no entanto deve-se também a falta de disposição do professor em querer mostrar ao aluno onde a Matemática se faz presente.

Cursei a 8ª série (hoje 9º ano) em 1998. Sinceramente não lembro de alunos perguntando a todo instante ao professor de Matemática: para que serve essa equação, professor? Para que serve essa fração? Para que serve a potenciação? Para que serve isso e aquilo. Seria ótimo assim.

Imagino duas possibilidades

A primeira é que havia uma grande curiosidade reprimida em saber realmente para que serve a Matemática que estudávamos na escola. Infelizmente o professor não dava a mínima para essa curiosidade. Nem ao menos um trabalho de convencimento era feito.

A segunda possibilidade é a que vemos hoje em dia, onde é mais fácil lotar o professor de perguntas do tipo "para que serve", como se as respostas do professor não valessem nada. Em seguida o professor arduamente se esforça para responder e a reação dos alunos é aquela negativa que já conhecemos. A disposição em tentar em entender é mínima.

Para essa segunda possibilidade, imagino mais duas possibilidades: a aplicação matemática em questão é palpável (realizável) ou aplicação matemática é complexa demais para ser entendida e acaba fugindo do interesse do aluno. Nesse caso pode ser uma questão de base matemática precária.

Exemplos de aplicações matemáticas exibidas em sala de aula não precisam serem fáceis ou difíceis, eles precisam ser atraentes. Se uma dada aplicação não despertar o interesse e atrair os alunos, se tornará complicado cobrar disposição da turma para entender.

Nunca pergunte "para que serve a Matemática?" se não estiver disposto em entender a resposta

Acompanhe alguns exemplos retirados de blogs de professores de Matemática e Física.

Colônia de fungos em uma fatia de pão

Um ótimo exemplo de criatividade foi utilizado pela professora Daniela Mendes. Ela juntamente com a turma analisaram o Crescimento exponencial de uma colônia de fundos em uma fatia de pão, com modelagem matemática usando o software livre educacional GeoGebra. Acesse a postagem e não tenha medo de copiar essa ótima ideia para a sua aula.

Conheça o blog Laboratório Sustentável de Matemática.

Mais artigos no blog LSM

O ciclo de vida das bactérias

Já o professor Daniel Pereira explica no artigo A importância da Matemática para a Biologia, porque devemos tomar uma remédio no tempo estipulado pelo médico. Na postagem e em seu blog há mais exemplos.

Acesse mais artigos no blog Planeta Biologia.

Conheça o Planeta Biologia

Luz do Sol, raios e uma maçã

Kleber Kilhian do blog O Baricentro da Mente, apresenta em diversos artigos, exemplos de aplicações matemáticas muito interessantes que podem ser exploradas facilmente pelo professor e alunos em sala de aula, em um laboratório ou simplesmente em campo aberto. A própria pergunta em si já é um grande convite à curiosidade.

Veja alguns:

Acesse mais artigos no blog O Baricentro da Mente.

Conheça O Baricentro da Mente

Um pouco de Matemática e melancia

O professor Charles Bastos do blog TIC na Matemática, apresenta no artigo Um pouco de matemática e melancia, uma ótima dica de atividade que pode ser explorada, principalmente pelos pequeninos do 6º ano, com as orientações do professor.

Perto de mais uma festa da melancia aqui no município de Uruana, resolvi organizar algumas atividades que referenciassem conteúdos a serem estudados e a Melancia. Me lembrei do ano de 2005, quando na UFG/Rialma, em que com outros colegas, organizamos um trabalho de modelagem matemática sobre a produção de melancia. [Trecho da postagem no blog]

Leia a postagem completa clicando no botão abaixo. Acesse mais artigos no blog TIC na Matemática.

Um pouco de Matemática e melancia Conheça o TIC na Matemática

Muitas equações!

O professor Sebastião Vieira, colaborador desse blog, apresenta em diversos artigos como podemos usar a Matemática para entender como as equações são encaixadas em situações que aparentemente não imaginamos.

Acesse alguns posts:

mais artigos desse autor

Aqui no blog há diversas postagens mostrando a Matemática em ação. Você pode chamá-las de aplicações matemáticas ou cotidianizadas. O efeito final é que elas podem ser um elo de ligação entre o interesse do aluno pela Matemática e a curiosidade em responder mais perguntas do tipo "para que serve a Matemática?".

Acesse a categoria aplicações matemática do blog. Destaco um artigo que escrevi sobre minha cirurgia refrativa ocular e um pouquinho de Matemática.

102 aplicações matemáticas
Enxergar a Matemática não é um exercício de calcular. Se você não entende a Matemática não mostre o seu descontentamento gritando aos quatro ventos que ela não serve pra nada. Todos amam o mundo moderno que vivemos hoje, mas, poucos sabem e dão valor devido ao poder que a Matemática exerce sobre tudo que está em nossa volta, mesmo que em uma pequena cirurgia refrativa ocular que me submeti. [Edigley Alexandre]
GSuite: inicie sua avaliação gratuita aquiMatemática Financeira com HP 12CAprenda a Tabuada de forma fácil

Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

2 comentários:

  1. Nem toda a matmática é fácil de aplicar a algo cotidiano. E o problema é que as pessoas não querem abstrair. Sempre vejo a mídia massacrando a matemática, e acabam criando esse bloqueio à aprendizagem. Uma pena ver mensagens como esta que você expôs aqui.

    Na época da faculdade fiz um trabalho sobre derivadas. Ale tínhamos que calcular o tempo entre as dosagens de um medicamento e gerar o gráfico da ação no organismo. Era uma fórmula muito longa e complexa (não me lembro mais e não sei onde foi parar o trabalho), mas o fato era que, derivando a equação chegávamos ao tempo para a próxima dosagem: 8 horas.

    Aplicações da matemática é o que não falta. Mas os estudantes têm que se ligar que não dá para o professor ficar contextualizando todo o conteúdo, senão, ficaria impossível lecionar no sistema educacional de hoje.

    Obrigado pelos links!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Kleber!

      Compartilho do mesmo pensamento. Curiosamente e infelizmente é nesse ponto da contextualização que os alunos mais pecam em avaliações escolares, ENEM, etc.

      Um abraço meu caro!

      Excluir