Como conectar a Geometria ao mundo real?

COMPARTILHE:

A conexão dos conceitos iniciais de geometria com o mundo real é essencial para o domínio do pensamento espacial e do raciocínio geométrico. Felizmente, a geometria é um dos tópicos mais agradáveis ​​e intuitivos para ensinar e aprender. Quando os alunos podem conectar esses conceitos ao mundo ao seu redor, eles estão construindo as bases para uma compreensão mais profunda e duradoura da matemática.

Se hoje for realizada uma pesquisa entre professores de Matemática, sobre a escolha de lecionar Geometria ou Álgebra para crianças e adolescentes, arrisco em estimar que a porcentagem dos que preferem Álgebra, e são aversos ao ensino de Geometria, seria de mais ou menos 80%. Talvez com o avanço das TIC nas escolas, eu erraria com uma margem de 10% para menos.

É curioso pensar que professores tem aversão por Geometria. No entanto, isso também é um reflexo de como os professores são formados na faculdade. Não há uma unicidade entre os currículos acadêmicos nos cursos de Licenciatura em Matemática em todo o Brasil. E esse fato se altera ainda mais com o passar dos anos, pois obviamente as mudanças são necessárias.

É mais do que óbvio que a qualidade de ensino nas escolas, também está associada à formação de professores. Porém, se um futuro professor não carrega consigo a paixão pela área que irá exercer, com certeza se tiver a opção, não irá escolher ensinar Geometria. E quando isso ocorre, teremos alunos odiando aulas de Geometria, muito mais que já odeiam Álgebra, por motivos semelhantes.

Por outro lado, a ausência de estrutura adequada para as aulas de Geometria na esmagadora maioria das escolas, colabora para o declínio desta situação.

Dito isto, o que podemos fazer?

Como conectar a Geometria ao mundo real?

O menos sempre é mais! Neste contexto cai bem. Sabe aqueles dias que você dá uma aula de Geometria para o 6º ano e depois fica pensando: nossa que aula ruim dei hoje! Um auto martírio toma conta dos nossos pensamentos. Talvez o nosso ponto de vista sobre a aula tenha sido insatisfatória, mas a turma pode ter adorado. Acontece e não percebemos.

E isso ocorre, geralmente, quando levamos a Geometria para o lado concreto e saímos um pouco do lado abstrato e filosófico (que também é necessário). O ato de fazer comparações ou procurar formas de elementos da Geometria com situações reais e palpáveis, traz o aluno para a aula de um jeito mais espontâneo. Uma simples tarefa de reconhecimento da Geometria em torno das situações mais comuns é um grande recurso que não pode ser deixado de lado. Principalmente para alunos das séries iniciais.

Acabei de ler um post chamado How to connect early geometry to the real world?, publicado no site theedadvocate.org em 29 de abril de 2020, que chamou minha atenção e me fez lembrar das minhas aulas de Geometria e tecer os comentários acima. O post faz menção ao estudo The Importance of Spatial Reasoning in Early Childhood Mathematics, publicado em 2018.

Trecho sobre estudo

A aplicação de habilidades precoces de Geometria e raciocínio espacial no mundo real é essencial para o desenvolvimento de habilidades matemáticas gerais. Muitas escolas de educação infantil e ensino fundamental concentram-se no desenvolvimento de habilidades de medição, álgebra e probabilidade.

Embora essas áreas de conteúdo sejam importantes, pesquisas recentes descobriram que o raciocínio espacial e os conceitos iniciais de Geometria estão diretamente correlacionados à conquista em matemática. Isso pode indicar aos educadores iniciais que o domínio da linguagem posicional e direcional ("para cima", "em cima de", "em baixo", "próximo a"), bem como os conceitos de formas 3D e 2D devem ser uma prioridade durante as instruções matemáticas.

Portanto, para desenvolver essas habilidades essenciais em jovens aprendizes, devemos fornecer atividades que permitam aos alunos explorar os espaços, tamanhos e posições das formas que encontram no mundo ao seu redor.

Para apoiar o desenvolvimento da conscientização e identificação das formas, os educadores devem trabalhar com os alunos para encontrar formas na sala de aula ou na natureza. Isso é importante porque os alunos aprenderão melhor com a manipulação física e a interação com as formas. Essas atividades não precisam ser complexas. Aqui estão dois exemplos de como desenvolver essas habilidades em jovens estudantes:

  • Identifique e rotule formas na sala de aula com os alunos. Por exemplo, livros e tabelas para pequenos grupos podem ser retângulos. Peça aos alunos que sigam seu dedo ao traçar as bordas dessas formas ao classificá-las. Converse com os alunos sobre o número e o comprimento dos lados da forma, além do número de cantos que ela possui.
  • Crie uma “busca de formas” pela sala durante a qual os alunos possam encontrar um certo número de formas básicas. Eles também podem fazer isso através de ilustrações em livros ilustrados - peça aos alunos que pesquisem todos os quadrados ou círculos que encontrarem na história.

O pensamento visual e a memória são outra chave importante para o domínio inicial dos conceitos de geometria. Algumas estratégias para apoiar essas competências incluem:

  • Jogue jogos de cartões com os alunos. Mostre aos alunos uma imagem de uma forma simples e, em seguida, cubra-a e peça que descrevam o que viram. Você pode aumentar a complexidade conforme apropriado.
  • Jogue um jogo de memória com os alunos. Adicione várias formas aos cartões e peça aos alunos que encontrem o cartão correspondente no baralho.

Na mesma linha, os jovens aprendizes devem ser capazes de reproduzir as formas que viram no mundo. Eles podem criar formas com blocos, elásticos, giz de cera ou até limpadores de cachimbo. Essas atividades se tornam ainda mais desafiadoras simplesmente mudando os materiais que o aluno usa para construir as formas.

Lembre-se de que os alunos podem realizar mais do que você pode esperar, portanto nunca os subestime. Mesmo crianças de até três anos podem criar mapas simples usando formas geométricas como quadrados, triângulos e retângulos. Forneça aos alunos formas de feltro e peça que eles recriem o quintal, o playground ou até a sala de aula para criar um mapa ou modelo simples.

A conexão dos conceitos iniciais de geometria com o mundo real é essencial para o domínio do pensamento espacial e do raciocínio geométrico. Felizmente, a geometria é um dos tópicos mais agradáveis ​​e intuitivos para ensinar e aprender. Quando os alunos podem conectar esses conceitos ao mundo ao seu redor, eles estão construindo as bases para uma compreensão mais profunda e duradoura da matemática.

Link para o estudo: The Importance of Spatial Reasoning in Early Childhood Mathematics.

COMENTÁRIOS

BLOGGER
Nome

android,27,aplicações matemáticas,119,Aprender Matemática,31,Artigo Convidado,50,Biologia,1,blog,49,Blogger,3,Camisetas de exatas,3,Carl Sagan Day,1,chrome,9,cinema,12,Concursos,3,Curiosidades matemáticas,102,curso online,10,Desafios matemáticos,44,destaque,1,determinantes,3,Dia do Estudante,1,Dia do Professor,10,Diario Escolar Digital,5,Dica de economia,4,dica de livro,32,Dica para professor,43,divulgação,61,E-book,4,Editorial,21,educação,106,ENEM,1,ensino,138,Entrevista,8,eventos,19,excel,24,extensões,11,Facebook,8,feira do livro,4,firefox,2,frações,6,funções,8,geogebra,79,GifsMatemáticos,5,google,42,história da matemática,40,humor,58,IMO,2,InternetJusta,1,iOS,19,iPad,7,iPhone,3,jogos,27,Katex,1,Latex,20,LibreOffice,12,linux,49,Livro GeoGebra,5,Mapa Mental,1,Matemática e profissões,20,Matemático do dia,27,Materiais GeoGebra,23,Mathjax,2,Netflix,7,Noticias,132,OBMEP,1,One Strange Rock,1,Papel milimetrado,5,Papel Quadriculado,1,Pi Day,16,piadas matemáticas,13,PodCast,4,política,3,premiações,7,professor,6,promoção,13,Quiz,22,Resenhas de Livros,1,Resposta Desafios,1,Sebastião Vieira,22,software,18,Software Livre,50,Tabuada,5,TCC,17,Telegram,8,TexMath,4,TIC,32,Top artigos,4,ubuntu,15,Videos,104,wallpapers matemáticos,23,Widgets,26,windows,41,wolfram alpha,30,Youtube,16,
ltr
item
Prof. Edigley Alexandre - O blog para professores e estudantes de Matemática: Como conectar a Geometria ao mundo real?
Como conectar a Geometria ao mundo real?
A conexão dos conceitos iniciais de geometria com o mundo real é essencial para o domínio do pensamento espacial e do raciocínio geométrico. Felizmente, a geometria é um dos tópicos mais agradáveis ​​e intuitivos para ensinar e aprender. Quando os alunos podem conectar esses conceitos ao mundo ao seu redor, eles estão construindo as bases para uma compreensão mais profunda e duradoura da matemática.
https://1.bp.blogspot.com/-QFltFMkQN-M/XwxM47DGfkI/AAAAAAABFvg/yVukmqWGlbQfcsWXfNlriFr6NrfLiTg6gCLcBGAsYHQ/s1600/como-conectar-geometria-ao-mundo-real.png
https://1.bp.blogspot.com/-QFltFMkQN-M/XwxM47DGfkI/AAAAAAABFvg/yVukmqWGlbQfcsWXfNlriFr6NrfLiTg6gCLcBGAsYHQ/s72-c/como-conectar-geometria-ao-mundo-real.png
Prof. Edigley Alexandre - O blog para professores e estudantes de Matemática
https://www.prof-edigleyalexandre.com/2020/07/como-conectar-geometria-ao-mundo-real.html
https://www.prof-edigleyalexandre.com/
https://www.prof-edigleyalexandre.com/
https://www.prof-edigleyalexandre.com/2020/07/como-conectar-geometria-ao-mundo-real.html
true
125900602153146940
UTF-8
Carregar mais posts Não foram encontrados posts VER TODOS Leia mais Responder Cancelar resposta Delete Por Início PÁGINAS POSTS VER TODOS RECOMENDADOS PARA VOCÊ CATEGORIA ARQUIVO PESQUISE TODOS OS POSTS Não foi encontrada nenhuma correspondência de postagem com sua solicitação VOLTAR Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhar em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copiar todo o código Selecioinar todo o código Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar