Novidades


14 maio 2012

Para que serve a fórmula de Bhaskara?

Antes de tudo, há um equívoco quanto ao nome que leva essa famosa fórmula. Esse costume de associar o nome de Bhaskara à fórmula, foi estabelecido no Brasil em meados da década de 60, e este fato é atribuído somente no Brasil. Registros históricos indicam que os Babilônicos já usavam equações do 2º grau há aproximadamente 4 mil anos. (Mais sobre Bharkara e equação quadrática).


Há algumas semanas atrás rolou uma pequena discussão no Facebook, depois de uma imagem publicada numa página de humor, e, que mais uma vez me deixa um pouco triste. A imagem é ruim, mal editada e com erro no nome do matemático, mas está aqui: (clique na imagem para vê-la no Facebook)
A imagem foi deletada do Facebook.


Você que pensa assim, abra a sua mente.

A Matemática é um treinamento maravilhoso para a mente, um treinamento muito bom se você está pensando em ser um advogado, por exemplo. Advogado? Como assim? Pois bem, digamos que você foi lesado financeiramente por um banco, um bom advogado terá que entender de movimentações financeiras (juros por exemplo) para defender sua causa, concorda?


Você contrataria um advogado que não sabe nada de Matemática para defender esse tipo de causa?

A Matemática tem uma gama crescente de aplicações, desde o estudo do genoma e da mudança climática do nosso planeta até a matemática financeira e estatística médica. Matemática sempre foi a linguagem da física, e, com o advento da modelagem computacional, é componente essencial e indispensável de quase toda a ciência (ou toda?).

Há algo no seu dia a dia que não utilize Matemática?

Deixei alguns comentários para essa imagem publicada nesta página do facebook, fazendo uso de citações de artigos que já escrevi no blog.

A maioria das aplicações matemáticas que poderiam despertar o desejo do aluno em enxergar a Matemática de outra forma, não são palpáveis. Astronomia, engenharia, telecomunicações, informática e centenas de outras áreas, tornam-se distantes da ligação Matemática-aplicação. Motivos? Vários! Mas, vamos tomar um exemplo. 
Equação do 2º grau (como mostra a imagem). Para que serve? Onde posso aplicar os conhecimentos de: vértice, raízes, delta, coeficientes, variáveis, parábola (gráfico da equação do 2º grau), etc. Bom, você tem em sua casa uma antena parabólica? Então agradeça à equação do 2º grau. Leia esse artigo para mais informações. [Para que serve a Matemática?]

O outro artigo...

O sinal digital é formado por códigos de linguagem matemática, um exemplo disto é a linguagem binária (0 e 1), onde se usa um código binário de transporte de informação, a leitura é indireta, depende de sistemas de interpretação e leitura, pois esta não é direta, é digitalizada, é formada por componentes que digitalizam a informação, isto é, convertem o sistema decimal para sistema binário, ou para o sistema hexadecimal e vice-versa, digitalizar é manipular, converter a informação processá-la e reconvertê-la de forma que seja entendida. Músicas, vídeos, documentos, etc., tudo é transportado pela internet no formato de 0 (zeros) e 1 (uns). Você não estaria lendo isso agora, sem os zeros e uns. [Por que as pessoas tem orgulho na sua falta de habilidade matemática?]


Ah, e respondendo a pergunta disposta no título deste artigo, acesse esse link e aprenda como construir uma antena parabólica. Sim, aquela para sintonizar canais de TV aberta. Não é a toa que o gráfico de uma função do 2º grau é chamada de parábola. E para calcular as raízes ou zeros (valor de x) da equação do 2º grau, usamos:
$$x=\frac{-b\pm \sqrt{b^2-4ac}}{2a}$$
Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação.


  • Deixe um comentário para este artigo

4 comentários:

  1. Ótimo post! Acabei de enviá-lo como argumento para essas pessoas que compartilham dessa imagem no Facebook!
    Hoje me deparei com um comentário bem assim: "Minha crítica à educação brasileira, sobretudo ao Ensino Médio, tem ligação com isso. Pra quê usamos isso em nossa vida? Por que não humanizar um pouco mais a educação? Se o medo é criar comunistas mirins, levem arte, política, leitura, idiomas estrangeiros, etc.
    Enquanto isso, os adolescentes viram robôs para passar nos vestibulares e chegam à "vida adulta" (no sentido de Piaget mesmo) sem ter uma gota de senso crítico. Os que fazem EJA, simplesmente desistem na metade ou se esforçam para conseguirem um diploma num Ensino Médio sem nenhum sentido.
    Totalmente incrédula com essa educação robótica e centralizadora (Enem)."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Pensamos de forma semelhante. A frase "porque vou usar para fazer o vestibular" está sendo usada como desculpa por professores de Matemática com uma frequência cada vez maior.

      Não é caso geral, mas é verdade que o senso crítico está cada vez mais distante dos nossos estudantes. Mecanizado e centralizado, a Educação no nosso país só afunda a cada ano. O jeito é darmos a nossa contribuição, se espelhar em ótimos exemplos e torcer para que o ensino melhore.

      Um abraço!

      Excluir
  2. Tá. Muito legal e instrutivo esse post.
    Sei que tem muitos profissionais que podem sim usar essa fórmula, mas eu nunca tive que construir uma antena parabólica e nem fazer nada que utilizasse de forma efetiva a Bhaskara.
    Ainda procuro entender o que essa formula pode ajudar uma pessoa, em seu dia a dia, que não apenas melhorar o raciocínio e divertir quem gosta de quebra-cabeça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Se o seu pensamento é este, mesmo que eu mostre 50 mil aplicações para esta fórmula, você ainda não mudará a sua opinião.

      O problema não é achar uma aplicação para todas as fórmulas matemática. O objetivo é enxergar a Matemática de maneira aplicada, mesmo que com exemplos simples e que não está ligado ao cotidiano de todas as pessoas.

      Imaginar a Matemática desta forma, pode estimular a curiosidade do aluno em busca de respostas para as suas maiores dúvidas.

      Só o fato de que milhares de fórmulas são usadas em Teoria musical, Astronomia, Acústica, Óptica, Análise de mercados financeiros, Eletrônica, Teoria da Probabilidade, Estatística, Biologia, Radiologia (tomografia computadorizada e ultrasonografia), Farmácia, Química, Teoria do números (Criptologia), Sismologia, Meteorologia, Oceanografia, Arquitetura, Agrimensura (ramo da Topografia), Geodésia, Engenharia elétrica, Engenharia mecânica, Engenharia civil, Computação gráfica, Cartografia, Cristalografia, etc., isso aumenta a curiosidade do estudante e consequentemente ele pode se interessar por algumas destas áreas. Aí sim, você vai usar ou não uma determinada fórmula matemática com o auxílio de um computador.

      Dependendo da área que você seguirá uma profissão, fará uso da Matemática.

      Um abraço!

      Excluir



É possível escrever fórmulas em $\LaTeX$ nos comentários deste blog. Para fórmulas inline ou alinhadas à esquerda, escreva a fórmula entre os símbolos de \$. Para fórmulas alinhadas ao centro, utilize o símbolo duplo \$\$.

Teste equações em $\LaTeX$ antes de publicá-las. Acesse latex.prof-edigleyalexandre.com.

Leia sobre o motivo da troca do sistema de comentário deste blog.

Leia a política de comentários do blog.

Item Reviewed: Para que serve a fórmula de Bhaskara? 9 out of 10 based on 10 ratings. 9 user reviews.


Scroll to Top