14 maio 2012

Para que serve a fórmula de Bhaskara?


Antes de tudo, há um equívoco quanto ao nome que leva essa famosa fórmula. Esse costume de associar o nome de Bhaskara à fórmula, foi estabelecido no Brasil em meados da década de 60, e este fato é atribuído somente no Brasil. Registros históricos indicam que os Babilônicos já usavam equações do 2º grau há aproximadamente 4 mil anos. (Mais sobre Bharkara e equação quadrática)

Há algumas semanas atrás rolou uma pequena discussão no Facebook, depois de uma imagem publicada numa página de humor, e, que mais uma vez me deixa um pouco triste. A imagem é ruim, mal editada e com erro no nome do matemático, mas está aqui: (clique na imagem para vê-la no Facebook)
A imagem foi deletada do Facebook.


Você que pensa assim, abra a sua mente.

A Matemática é um treinamento maravilhoso para a mente, um treinamento muito bom se você está pensando em ser um advogado, por exemplo. Advogado? Como assim? Pois bem, digamos que você foi lesado financeiramente por um banco, um bom advogado terá que entender de movimentações financeiras (juros por exemplo) para defender sua causa, concorda?


Você contrataria um advogado que não sabe nada de Matemática para defender esse tipo de causa?

A Matemática tem uma gama crescente de aplicações, desde o estudo do genoma e da mudança climática do nosso planeta até a matemática financeira e estatística médica. Matemática sempre foi a linguagem da física, e, com o advento da modelagem computacional, é componente essencial e indispensável de quase toda a ciência (ou toda?).

Há algo no seu dia a dia que não utilize Matemática?

Deixei alguns comentários para essa imagem publicada nesta página do facebook, fazendo uso de citações de artigos que já escrevi no blog.

A maioria das aplicações matemáticas que poderiam despertar o desejo do aluno em enxergar a Matemática de outra forma, não são palpáveis. Astronomia, engenharia, telecomunicações, informática e centenas de outras áreas, tornam-se distantes da ligação Matemática-aplicação. Motivos? Vários! Mas, vamos tomar um exemplo. 
Equação do 2º grau (como mostra a imagem). Para que serve? Onde posso aplicar os conhecimentos de: vértice, raízes, delta, coeficientes, variáveis, parábola (gráfico da equação do 2º grau), etc. Bom, você tem em sua casa uma antena parabólica? Então agradeça à equação do 2º grau. Leia esse artigo para mais informações. [Para que serve a Matemática?]

O outro artigo...

O sinal digital é formado por códigos de linguagem matemática, um exemplo disto é a linguagem binária (0 e 1), onde se usa um código binário de transporte de informação, a leitura é indireta, depende de sistemas de interpretação e leitura, pois esta não é direta, é digitalizada, é formada por componentes que digitalizam a informação, isto é, convertem o sistema decimal para sistema binário, ou para o sistema hexadecimal e vice-versa, digitalizar é manipular, converter a informação processá-la e reconvertê-la de forma que seja entendida. Músicas, vídeos, documentos, etc., tudo é transportado pela internet no formato de 0 (zeros) e 1 (uns). Você não estaria lendo isso agora, sem os zeros e uns. [Por que as pessoas tem orgulho na sua falta de habilidade matemática?]


Ah, e respondendo a pergunta disposta no título deste artigo, acesse esse link e aprenda como construir uma antena parabólica. Sim, aquela para sintonizar canais de TV aberta. Não é a toa que o gráfico de uma função do 2º grau é chamada de parábola. E para calcular as raízes ou zeros (valor de x) da equação do 2º grau, usamos:


Para que serve a fórmula de Bhaskara? - Fórmula



Google+
Twitter
Facebook

ARTIGOS RELACIONADOS



SOBRE O AUTOR

Edigley Alexandre é graduado em Matemática pela UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação. Já foram publicados artigos no blog.

FacebookTwitter Google+LinkedInPinterestTumblr

Diário Escolar 2014. Versão online para o Google Drive
Curso online: Informática na Educação