Ofertas em Destaque na Semana Black Friday
Validade: até 25/Novembro às 23h59

Não. Este não é um título para atrair a sua atenção para ler esta postagem, e sim o título do assunto de um e-mail que recebi de uma pessoa.
Não. Este não é um título para atrair a sua atenção para ler esta postagem, e sim o assunto de um e-mail que recebi há algumas semanas. Pensando nisso, resolvi escrever esse texto.

Por que as pessoas julgam as outras apenas por algumas particularidades? Superficialmente, gostam de levantar inverdades sobre as pessoas sem ao menos a conhecê-la. Por favor leia o texto completo e não julgue somente pelo título.

Recebi um e-mail criticando a forma dos artigos que publico, julgando que não sei Matemática, pelo motivo que não há textos sobre Matemática avançada, demonstrações de teoremas, etc. Toda crítica é bem vinda, porém a proposta deste blog não é essa.

Desde quando comecei a levar esse blog a sério (antes não sabia o que significada blogar), fiz algumas pesquisas sobre os blogs matemáticos que aparecia nos primeiros resultados do Google. A maioria deles trazem conteúdos que abordam a Matemática teórica, como exercícios resolvidos de qualquer nível de ensino, explicam demonstrações de teoremas famosos, provas resolvidas do ENEM e de vestibulares, etc., como o Baricentro da Mente, de Kleber Kilhian, faz brilhantemente.

Não crie um blog sobre Matemática, se você não sabe Matemática!

Então, sobre o que devo escrever? Escrever sobre o mesmo tema?

Pensei. Tenho algumas habilidades com Informática e adoro mostrar a Matemática de forma aplicada e informatizada. Por que devo escrever o que todos já escrevem? (mesmo que ótimos conteúdos). Cada um faz aquilo que gosta e que se sente mais agradável.

A maioria dos textos que publico aqui, mostram o meu pensamento sobre como vejo o Ensino de Matemática e como tento deixar claro o meu ponto de vista sobre uma aula de Matemática e alguns recursos necessários para transformá-la mais agradável e atraente. Muitos destes textos geraram ótimas discussões, sendo que muitos são de acordo, outros não. Isso é o que acredito ser interessante e relevante naquilo que proponho a compartilhar nesse blog.



E para deixar bem claro, a modalidade da minha formação é licenciatura plena e não em bacharelado (por mais que a grade que cursei seja de um bacharelado). Logo, não me considero um matemático e sim um licenciado em Matemática, um professor de Matemática por vocação e não por opção. Leia o artigo Para que serve um matemático e um professor de Matemática?, onde explico a diferença entre os dois títulos.

Essa parte mais teórica da Matemática, deixo para os meus colegas "blogueiros matemáticos". Adoro ler sobre Matemática Pura, por exemplo, mas se fosse tentar compartilhá-la aqui no blog, com certeza não conseguiria fazer com que todos entendessem a mensagem final, por se tratar de temas muitos complexos em formato de texto. Talvez com vídeo funcionasse melhor como vejo no Youtube.

O que quero dizer é que a Matemática mostrada nesse blog é de forma mais simples, voltada para professores e alunos que buscam se diferenciar em suas aulas e em seus estudos.

No artigo Por que criar um blog sobre Matemática?, explico melhor o real motivo e o que me mantém atualizando este blog constantemente. Neste post publicado em novembro do ano passado (2013), também escrevi alguns motivos para quem quer criar um blog sobre Matemática e as boas consequências que o blog pode trazer para a sua carreira profissional e aos seus alunos.

Muitas pessoas subestimam o poder de um bom blog. Mesmo com o aumento gigantesco dos conteúdos áudio visuais nos últimos anos, seria um engano se pensarmos que blogs estruturados apenas em conteúdo em formato de texto estão esquecidos, perderam a importância ou que zeraram sua audiência. [Trecho do artigo É possível criar um blog educacional elegante, funcional, rápido e responsivo com o Blogger da Google!]


Um blog pode ter diversas funções. Se você fazer uma pesquisa refinada no Google, perceberá que para tudo que precisar, existirá um blog para te ajudar. É incrível. Moda, futebol, sexualidade, ganhar dinheiro, mundo nerd, ciência e educação, policial, etc., são apenas alguns exemplos. O blog sempre será um ótimo espaço para o compartilhamento de informações e que merecem tornar públicas por conta de sua relevância, a fim de divulgar ao máximo o conhecimento adquirido ao longo de pesquisas. [Trecho do artigo 6 pontos positivos para um blog educacional com participação ativa de alunos]

Espero que não me interpretem mal. Não leiam e entendam este texto como um desabafo, pois não é. Apenas entendam que esse blog é uma fonte de ajuda para escolas e colegas professores que buscam uma forma de atualizarem suas aulas e também uma fonte de inspiração para alunos e estudantes de Matemática.

Um abraço!

Conteúdos:


Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

8 comentários:

  1. Olá Edigley, você foi perfeito em suas colocações, por isto sou fã do seu trabalho! Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Daniela!

      Às vezes bate uma vontade de escrever e desabafar um pouco. As pessoas são assim mesmo.

      Um abraço!

      Excluir
  2. Seu trabalho é muito bom e extremamente útil. Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Olá prof. Edigley!

    Quando as pessoas entenderem o real sentido de "bloggar", ai sim, elas entenderão o sentido de se ter um blog e por que o seu blog, mesmo não abordando conteúdos 100% da parte teórica da matemática, com teoremas e demonstrações, é um sucesso na blogosfera e um dos melhores que existem atualmente nesse nicho.

    Parabéns pelo ótimo blog Edigley. Confesso que sempre me inspiro por novos artigos quando estou lendo algo no seu blog.

    Romirys Cavalcante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Romirys!

      É bem isso que citou. O que mais me incomoda é que o conteúdo é disponibilizado gratuitamente, e por esse motivo não deveria receber tantas cobranças, como as que costumo receber.

      Cobrar até pode, desta forma o conteúdo pode ser melhorado, porém com educação e um pouco de bom senso.

      Obrigado pelo apoio de sempre.

      Um abraço!

      Excluir
  4. Cada vez mais apaixonada por este blog :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Poderia se identificar?

      Que bom que está gostando do blog. Fique sempre a vontade para enviar comentários em artigos, assim como críticas e sugestões para a melhoria do blog.

      Um abraço!

      Excluir