Neste artigo destaco 7 razões para você, professor, utilizar o sistema operacional Linux para organizar e agilizar sua vida profissional, e assim, aumentar sua produtividade em suas aulas, colaborando para o aprendizado de seu aluno. Todas as informações descritas neste post, dedica-se a professores de nível fundamental, médio ou superior.
Neste artigo destaco 7 razões para você, professor, utilizar o sistema operacional Linux para organizar e agilizar sua vida profissional, e assim, aumentar sua produtividade em suas aulas, colaborando para o aprendizado de seu aluno. Todas as informações descritas neste artigo, dedica-se a professores de nível fundamental, médio ou superior.

As dicas não se estendem apenas à Matemática, mas também para outras disciplinas como: Química, Física, etc.

Antes de tudo, deixo claro, que não tenho nenhuma postura radical quanto ao uso do Linux em relação ao Windows. Utilizo os dois sistemas em dual boot sem problema nenhum. Não saio por ai gritando aos quatro ventos, dizendo que o Windows é uma praga e o Linux é uma das sete maravilhas do mundo, como vejo muito nas redes sociais. Ambos tem suas vantagens e desvantagens. Cabe a cada um decidir o que é melhor, dentro de suas preferências e necessidades.

7 razões para professores usarem o Linux


As dicas que compartilho neste artigo, são orientadas à distribuição Ubuntu Linux. Visto que outras distribuições usam o núcleo Linux, a maioria dos softwares que executam no Ubuntu, por exemplo, executam também no Mint, Fedora, etc., isso não será um problema. Você entenderá mais sobre isso a seguir.

Linux?

Em resumo, Linux é um termo popular que é usado para nomear sistemas operacionais que utilizam o núcleo Linux, desenvolvido pelo programador finlandês Linus Torvalds. Grandes empresas passaram a colaborar com Linux, como a IBM, Sun Microsystems, Hewlett-Packard (HP), Red Hat, Novell, Oracle, Google, Mandriva e Canonical (atual empresa por trás do Ubuntu).

Existem diversos "sistemas operacionais" ou distribuições (ou simplesmente distros) no mercado no momento, que utilizam o núcleo Linux. ArchLinux, Debian, Fedora, Mandriva, Mint, Opensuse, PCLinuxOS, Puppy, Sabayon, Slackware e Ubuntu, são as distros mais utilizadas.

No meu caso, a distro que utilizo é o Ubuntu, mantida pela Canonical.  Tendo iniciado com o Ubuntu 9.10 Karmic Koala. Diferentemente do Windows, o Ubuntu tem uma nova versão a cada 6 meses. [Wikipédia]

Vírus, trojans, adwares, spywares... O Windows deixa tudo isso entrar em seu computador muito facilmente. O tempo médio antes de um PC Windows (conectado a internet e com uma instalação padrão de "Service Pack 2) ser infectado é de 40 minutos (e isso às vezes leva apenas 30 segundos). [Leia o artigo O Linux protege seu computador]

Como adquirir e instalar o Ubuntu

Há algum tempinho a Canonical distribuía CD's e DVD's do Ubuntu gratuitamente, diretamente no endereço  do usuário para entrega. Esse serviço infelizmente foi cancelado. Abaixo dois CD's que recebi. Tenho 3, o outro emprestei e não devolveram ainda.

CD's e DVD's do Ubuntu
Meus CD's do Ubuntu da Canonical

Esta não é a principal forma de obter o CD do Ubuntu, é apenas uma forma de compartilhar o Ubuntu pelo mundo. A maneira mais usual é baixando o CD/DVD pelo site oficial do Ubuntu ou pelas comunidades e blogs especializados no assunto.

Para baixar o CD/DVD do Ubuntu visite o www.ubuntu.com ou a Comunidade Ubuntu Brasil em www.ubuntu-br.org. Há duas opções de download: Direto e Torrent. Na comunidade ubuntu-br, encontrá todas as instruções básicas para instalar o Ubuntu na sua máquina.

O blog que recomendo a leitura, e que contém um fórum sempre ativo e atualizado, onde encontrará pessoas com o espírito livre, pronto para ajudar usuários novatos no Ubuntu, é o www.ubuntued.info.

Visite o blog Ubuntued e se cadastre no fórum. Ficarei feliz em vê-lo por lá. 

Se você mora em Mossoró-RN, instalo o Ubuntu Linux no seu PC ou Notebook sem cobrar nada por isso. Basta ter um DVD virgem ou Pendrive de 1GB (se quiser uma cópia fixa ou em dispositivo removível). Envie um e-mail para contato@prof-edigleyalexandre.com com assunto: Instalação Linux. Te adicionarei no Hangout do Google+ ou Skype para discutir sobre a instalação.

Sete razões para professores usarem o Linux 

Fazer uso de ferramentas tecnológicas que auxiliam na produtividade, agilidade e que retornam benefícios para o professor, e, por consequência, aos seus alunos, é indispensável nos dias de hoje. Destaco a seguir alguns fatores que julgo importantes na escolha de um sistema operacional para investir no processo educacional.

1. Segurança
O ponto principal quando se utiliza um sistema operacional, é a segurança. Quanto a este quesito, o Linux é o mais seguro de todos. Particularmente, não preciso usar nenhum anti-vírus ou qualquer outro programa para combater pragas digitais. É claro que o Linux não é 100% seguro, mas em comparação com outros sistemas operacionais, conta-se nos dedos a quantidade de vírus que podem afetar o Linux. Já no Windows por exemplo, existem milhares.

2. Facilidade
Já passou o tempo em que o Linux era coisa só para nerds dotados de altíssima habilidade para trabalhar, estudar e realizar diversas tarefas no computador. Atualmente as distribuições Linux (em especial o Ubuntu) conta com uma interface amigável, simples, bonita e de fácil navegação. A necessidade de usar comandos para realizar determinadas tarefas, é muito pequena. Um usuário iniciante não precisará usar tais comandos. Há algum tempo, extrair arquivos compactados era uma tarefa desafiadora para pessoas que nunca viram um Terminal (correspondente ao Prompt do Windows - CMD). Assim como no Windows, no Linux é possível instalar/desinstalar programas através de um clique.

No ambiente Linux, não há a necessidade de procurar drivers de vídeo, áudio, microfone, touchpad, impressoras, etc. Tudo já vem configurado no CD/DVD e nos pacotes de atualizações disponíveis nos repositórios oficiais.

Não preciso instalar os drivers da minha impressora HP para digitalizar, escanear, imprimir, copiar, etc. É só plugar o cabo USB da impressora no meu notebook, iniciar o programa e pronto.

3. Linux é de graça
Se você pode pagar por um sistema operacional que custa em média R$ 690,00, não vejo problema algum nisso. Assim como não vejo problemas em adquirir um sistema operacional gratuito, seguro e que oferece uma gama de ferramentas para qualquer tipo de tarefa, independente do profissional que utiliza. Leia o artigo Ubuntu Linux é a chave do sucesso de Avatar.

4. Personalizável
Você pode deixar o seu ambiente do Ubuntu Linux com a sua cara. Faça as alterações em todo o desktop do seu PC ou notebook. Veja a série de artigos no Ubuntued sobre tema dos usuários do Ubuntu. Altere plano de fundo, ícones, adicione gadgets e muito mais.

5. Suporte gratuito
Como já citei anteriormente, há dezenas (senão centenas) de comunidades oficiais, blogs, sites, que dão suporte gratuito aos usuários Linux, independente da sua distribuição. Como o Ubuntu é a mais famosa, a quantidade de pessoas dispostas a te ajudar é bem maior. Quer suporte para o Windows? Vai ter que pagar, senão tiver um amigo para te ajudar.

Algumas comunidades e blogs especializados que vão te dar uma força:

6. Sempre atualizado
Por ser um sistema livre de código aberto, o Ubuntu Linux está em constante atualização. A cada novo bug encontrado por usuários, uma nova solução é aplicada todos os dias. A cada novo lançamento de softwares ou plugins necessários para o bom funcionamento do navegador de internet, por exemplo, o Ubuntu te avisa sobre as novas atualizações. Você escolhe através de um clique quais as atualizações deseja instalar.


7. Maior disponibilidade de softwares educacionais
E essa é a parte que mais adoro. A quantidade de softwares dedicados a Educação é imensa. Os programas variam dos mais simples aos mais avançados e abrangem a todas as disciplinas. Inclusive há uma distribuição Linux que é dedicada somente para esta função. É o caso do Edubuntu. O nome do sistema operacional já diz tudo.


Veja algumas dicas de softwares gratuitos para professores de várias de disciplinas.

Geografia


Para professores de Geografia o software que recomendo é o Stellarium. O Stellarium é um planetário que pode ser executado no seu computador. Ele mostra um céu realista em três dimensões igual ao que se vê a olho nu, com binóculos ou telescópio. Ele também tem sido usado em projetores de planetários. Basta ajustar as coordenadas geográficas e começar a observar o céu.

Mais detalhes sobre esse software, visite a página oficial www.stellarium.org.

Para instalar no Ubuntu é muito fácil. Entre na Central de Programas do Ubuntu e pesquise por Stellarium. Clique em Instalar, informe sua senha e espere a instalação ser concluída.

Veja a demonstração do Stellarium no vídeo abaixo.


[Vídeo incorporado de youtube.com/jefersonoa1]

Outro programa muito útil é o KGeography.

O KGeography é uma ferramenta de aprendizagem de Geografia, que permite que você aprenda sobre as divisões políticas de alguns países (divisões, capitais dessas divisões e suas bandeiras associados se houver algum). Mai detalhes acesse edu.kde.org/applications/all/kgeography.

Para instalá-lo, siga as mesmas instruções dadas ao Stellarium.


Química

Get Avogadro - Avogadro - Free cross-platform molecule editor
Um software que acho fantástico, para as aulas de Química é o Avogadro. Avogadro é um editor de molécula avançada, modelagem molecular, bioinformática, ciências dos materiais e áreas afins. Oferece qualidade de renderização flexível de alta qualidade e uma arquitetura poderosa.

Para instalá-lo, também siga os passos descritos para Steallarium. Mais informações sobre o programa acesse avogadro.openmolecules.net.


Veja uma demonstração superficial do Avogadro no vídeo abaixo.

[Vídeo incorporado de youtube.com/edigleyg3]

Outros softwares disponíveis na Central de Programas do Ubuntu para Química.



Softwares para Física



Linguagem

Klettres
Exercício e prática do alfabeto francês, italiano, alemão e outros idiomas estrangeiros.
Mais informações e download: edu.kde.org/klettres


Kverbos
Exercício e auxílio à conjugação de verbos no idioma espanhol.
Mais informações e download: www.arvik.de/computer/kverbos

Matemática

Quantos aos softwares matemáticos, já escrevi várias dicas no blog. Veja algumas:

Espero que goste destas dicas, levando a se decidir em testar o Linux na sua vida profissional e porque não pessoal também. O Ubuntu Linux oferece diversas ferramentas para seu entretenimento. Qualquer dúvida sobre este artigo, basta deixar um comentário.

Caso seja dúvidas técnicas, entre contato comigo em um dos canais disponíveis na página Sobre.
Edigley Alexandre

Edigley Alexandre

Graduado em Matemática pelo DME na UERN em 2007, leciona Geometria, Matemática e Física. Blogueiro Part-Time desde 2007. Membro do Google+ Create em Português. Seu interesse é compartilhar conhecimento matemático interligado à Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como artigos de opinião sobre Educação, Matemática e Educação Matemática.

Os comentários serão moderados pelo autor do blog. Respondo todas as segundas-feiras, terças-feiras e finais de semana.

É muito bom ler comentários, porém atente para algumas regras muito importantes antes de enviar a sua colaboração para este artigo.


Comente este artigo:

10 comentários:

  1. Excelente artigo amigo, vou instalar o Linux agora...rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, IUM!

      Qualquer dúvida pesquise sobre o tema.

      Abraço!

      Excluir
  2. Relato alguns "contras" ao utilizar o sistema Linux.
    Durante a instalação do Sistema Operacional, ocorrem problemas que não são compreensíveis aos usuários comuns e termina com a não instalação do mesmo.
    A maioria dos nossos alunos já estão acostumados a utilizarem o Sistema Operacional Windows e seus aplicativos. Isso demanda mais tempo para ensinar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      O sistema quando é compilado e disponibilizado para download, sai pronto para instalação em qualquer máquina que obedeça os requisitos mais simples.

      Se ao instalá-lo houve algum erro do usuário e não do sistema. Logo, o "contra" relatado não procede. Passou o tempo em que usar Linux era difícil e que precisava de comandos no terminal para usufruir do sistema.

      Acomodação e falta de tempo não é desculpa. A quantidade de sites, blogs, canais no youtube, etc., que ensinam como instalar o sistema em poucos minutos é enorme.

      Isso não é um "contra" do sistema e sim falta de treinamento de quem ensina.

      Abraço!

      Excluir
  3. utilizo o Octave. Uma excelente alternativa ao Matlab.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela dica. Pesquisarei sobre o software e quem sabe escrevo um artigo.

      Abraço!

      Excluir
  4. Gracias, a verdade é que muitos tem a velha resistencia a qualquer tipo de mudanca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Geraldo!

      A acomodação faz isso.

      Abraço!

      Excluir
  5. Mano que maça! Aqui na escola utilizo linux tem 4 anos, que maravilha, uso o BricscadV16 como alternativa ao AutoCAD, uso Systemback para criar espelhos de imagem personalizada, com o comando chattr bloqueio pastas que nem eu mesmo sendo ROOT posso apagar...kkkk depois um script no systemd para limpar pastas criadas fora do lugar e deletar qualquer alteração no tema da escola na nova inicialização, enfim, TOP! basta uma pesquisada para ver que o AutoCAD parou no tempo. Isso até me torna diferente dos demais, afinal as máquinas aqui não suportam windows 7 pois a maioria tem 1GB de memoria, fora o custo aqui é uma escola técnica, bem o comodismo é uma merda mesmo! Feliz que usa e vê que para trabalhar com Linux acaba sendo mais tranquilo no decorrer de poucos dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Que ótimo comentário. Obrigado por compartilhar estas informações. Que elas sirvam mais ainda de inspiração para outras pessoas começarem a usar o Linux, seja pessoalmente ou profissionalmente.

      Um abraço!

      Excluir